A supremacia de Bhakti Yoga


A supremacia de Bhakti Yoga

Já estava dito há cinco mil anos atrás ,através dos labios da encarnação literária de Krsna, Srila Vyasadeva ,que na atual era negra (kali yuga) haveria inúmeras filosofias contrárias ao princípio divino da alma (nitya-dharma) ,que é o amor á Deus (Krsna).  São muitas as formas de ateísmo e de distorções das sagradas escrituras, escritas originalmente por Srila Vyasadeva.
Prevendo o declínio da civilização védica, ele compilou o néctar literário chamado Srimad Bhagavatam, o qual contém a essência condenssada de todos os quatro Vedas, Puranas, Maha Bharata, Upanisads, Ramayana, Vedanta Sutra etc....e que enfatiza a prática de bhakti para a atual era    'sa vai pumsah paro dharma yato BHAKTI adhoksaje ahaituki apratihata yayatmo suprasidati 'O mais elevado dharma de todas as entidades vivas é a prática do amor e devoção por adhoksaja (O Transcendental Sri Krishna), esta prática é performada  continuamente e apenas ela (bhakti) pode dar prazer ilimitado á alma, ao ser.' A palavra Veda em sanscrito significa conhecimento transcendental. Muitas pessoas, hoje, se dizem ser conhecedora dos Vedas, porém ignoram arrogantemente a conclusão filosófica do seu original escritor Sri Veda Vyasa. Assim, eles desvirtuam o público inocente do verdadeiro objetivo da vida, as vezes por dinheiro, mulheres, fama ou simplesmente ignorância- as vezes comentam as sagradas escrituras de acordo com suas pobres qualificações e idéias. São vários os redemoinhos filosóficos que nos afogam no interminável oceano de nascimentos e mortes. Dentre elas estão: Budismo, com sua filosofia de que Deus é o vazio (não possui forma, qualidades etc..), que a alma também em seu estado 'puro' se torna também o vazio (nada) tudo é ilusão e no final através da eliminação dos elementos materiais e desejos atingi-se o nirvana e se tornam parte do vazio (pradhana). Shivaísmo, que é uma espécie de Budismo encoberto pregado por Shankaracharya (à pedido de Sri Krishna para separar os divinos dos demônios)) onde ele disse que Deus e a jiva são ambos brahman, tudo é um e todos são deus, no estado liberado a entidade viva se funde no brahman, em Deus. Shankaracharya fez isso á pedido de Sri Krishna para desviar as pessoas com propensões demoníacas da real filosofia (Bhagavat, Nitya dharma) e seus templos. Tanto o Budismo quanto o Shivaísmo são em suma- ateísmo disfarçado! Eles rejeitam a forma eterna de Deus e Sua superioridade eterna á todos os outros seres. E também temos a Yoga convencional, Hatta yoga, que nada mais é do que exercícios corporais que não podem ajudar a desenvolvermos consciencia e conexão com Krsna por esta ser transcendental aos sentidos e mente materiais, e diversas seitas esotéricas que de misticismo não tem nada. Chegam até a dizer que determinadas plantas alucinógenas capacitam-nos a transcender a matéria, ou que sexo tantrico é meditação, porém transcendencia não é uma coisa tão barata, que se encontra em qualquer esquina ou rituais e alcança-se sem qualquer esforço e sacrifício. No Bhagavad Gita , o Senhor do yoga Sri Krsna diz: "Esta minha energia ilusória é muito difícil de ser ultrapassada, porém meu devoto que se rende completamente à mim, este me alcança facilmente." e ”A consciencia de Krsna ,ou Bhakti Yoga é o fruto maduro de todo o misticismo”. Devido ao pobre fundo de conhecimento e também da má intenção dos ditos “mestres” de hoje ,a verdadeira prática recomendada para esta era é pouco conhecida neste país, infelizmente. É muito triste a real situação. Foi por este mesmo motivo, que Srila Bhaktissidanta Sarasvati Goswami Thakura Prabhupada, declarou guerra aos falsos mestres de Kali Yuga, que diziam que Deus é apenas um vazio ou uma energia e que eram proeminentes também na Índia do sec.19. Assim, com espírito de soldado, ele combateu e derrotou todos os farsantes da India, um a um, seja em debates filosóficos, tribunais etc... Ele provou á todos a supremacia de Bhakti Yoga, usando evidencias sástrica-filosóficas imbatíveis, encontradas nos Vedas. Ele entronizou de uma vez por todas a real e autorizada prática para kali-yuga; o canto do Maha Mantra: HARE KRSNA HARE KRSNA KRSNA KRSNA HARE HARE HARE RAMA HARE RAMA RAMA RAMA HARE HARE, este é o processo simples e nobre. Sri Caitanya Mahaprabhu, a encarnação mais misericordiosa de Deus, veio há quinhentos anos atrás, na bengala ocidental, India, para pessoalmente liberar as almas caídas desta era através deste sagrado canto devocional. Qual é o tolo que não se abrigará em tal supremamente misericordioso Deus?. Pessoas afortunadas,  determinadas a seguir as instruções dos sastras, com sincera sede de espiritualidade, bastante inteligentes e renunciadas, que devido ao mérito devocional condessado refugiam-se em um Sad-Guru autêntico, podem dizer por experiencia pessoal, que esta prática não é somente fanatismo ou sentimentalismo barato como muitos pensam. Elas vão experimentar no plano da alma a nobreza e potencia do mantra Hare Krsna e a purificação que ela traz. Esta é a verdadeira e única prática religiosa para a atual era escura.

Harer nama harer nama harer namaiva kevalam

Kalau nasty eva nasty eva nasty eva gatih anyantah

Neste verso o senhor Sri Caitanya diz:Nesta atual era de Kali , não há´outra alternativa ,não há outra alternativa,não há outra alternativa para alcançar o supremo á não ser o canto dos santos nomes de Krsna,os santos nomes de Krsna ,os santos nomes de Krsna,Este é o conselho do próprio Senhor Supremo.

Jay Gurudev.

Baladev Das B.




Com seu divino canto dos santos nomes, Sriman Mahaprabhu liberou não só as pessoas desta era de Kali, mas também todos os animais cantaram e dançaram em extase ao ouvir o doce canto da Suprema Personalidade de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário