Refutação-artigo escrito por Purusatraya Swami

Refutação artigos escrito por Purusatraya Swami (Iskcon) e GBC;


     Após mais de um ano depois do memorável Vyasa Puja de Rupanuga Acharya-varya Sri Srimad Bhaktivedanta Narayan Goswami Maharaj Gurudev,em 2010, venho a escrever esta refutação ao artigo escrito por Purusatraya Swami, membro da ISKCON. Isto foi escrito e enviado a todos os membros da Iskcon justo quando Srila Narayana Maharaj estava no Brasil. Naquela (e tb na anterior) ocasião, centenas de integrantes da iskcon foram ter o darshan de Srila Narayana Maharaj e a maioria delas se desligaram da iskcon e receberam verdadeira iniciação de Srila Narayana Maharaj. Todas estas pessoas foram por vontade própria, Gurudev não chamou ninguém até ele. Elas simplesmente realizaram que o prévio guru delas não era fidedigno e que com este 'guru' não estavam fazendo nenhum progresso espiritual, se tivessem com certeza não havia aceitado uma 'outra' iniciação. Então com medo de perder integrantes, prestígio etc.. considerando os discípulos como propriedade pessoal e tentando fazer com que ninguém fosse ao Vyas Puja de Srila Gurudev, esta carta a qual cito partes a seguir, foi enviada a todos os membros via email. Bom lembrar também que após este Vyas Puja, uma nota de 40 páginas foi escrita pelo GBC visando diminuir a relação de Gurudev com Swami Prabhupad, visto que a quantidade de pessoas que deixaram a iskcon foi alta nesta vinda de Srila Gurudev.

 Ramananda Prabhu e Hari Saran Prabhu já refutaram vários pontos sobre o tal artigo (para ler todos os pontos e refutações favor clicar -http://www.guardioes.com/suas_santidades_brasileiras.htmhttp://www.guardioes.com/diferencas.htm,  o qual contém críticas a sua Santidade Srila Narayan Goswami, então vou tentar ser breve e direto nesta ocasião e tratar sobre a razão que o levou á escrever esta carta justo quando Gurudev estava no Brasil. Como parte deste artigo, ele escreveu :

Quem não conhece os pormenores desse caso pode indagar: Por que NM fala
> coisas tão pesadas em relação à ISKCON? Por que ele generaliza tanto? Quem
> pertence ao movimento de Srila Prabhupada sabe que, embora ocorra muitas
> falhas e deficiências, como em todo lugar, existe, no entanto, sinceridade
> e seriedade em seguir as instruções de Srila Prabhupada. Quanto a dizer
> que não existe bhakti, isso atinge a Prabhupada, pois fica insinuado que
> ele não nos passou a mensagem correta de Sri Caitanya Mahaprabhu. Ninguém
> tem dúvida que Srila Prabhupada nos deu o que há de melhor na consciência
> de Krishna.


"Um ponto crítico, que causou agitação aos devotos da Iskcon, foram certas 
> colocações feitas por NM, em que a posição de Srila Prabhupada era 
> questionada e, de certa maneira, um tanto minimizada. As diferenças entre a 
> linha em que Srila Prabhupada conduziu sua missão e o estilo de NM, uma mais 
> voltada à pregação e a outra mais na linha intimista de raganuga-bhakti, 
> ficaram de tal forma acentuadas que, no momento atual, parecem ser 
> incompatíveis."

 O GBC não tinha uma
> idéia precisa do que estava acontecendo e os ânimos estavam
> sobressaltados. A liderança do GBC determinou então que parassem com as
> especulações e que esse assunto seria discutido na reunião anual do corpo
> do GBC em Mayapur. Nessa reunião, a decisão do GBC foi peremptória: os
> sannyasis e devotos envolvidos deveriam decidir entre ficar na ISKCON e
> seguir as normas do GBC ou sair da ISKCON e aliar-se a NM. Depois de
> profunda deliberação, o grupo optou em permanecer na missão de Prabhupada.


   Expondo sua duplicidade e hipocrisia Purushatraya 'Swami' fala como se a divina propagação dos santos nomes feita por Srila Gurudev, fosse apenas uma armação 'para impresionar' .... e ao mesmo tempo na mesma carta refere ao mesmo como respeitável e sênior sanyassi .... Melhor seria para ele tentar aprender e falar mais sobre suddha bhakti ao invés de pregar karma-yoga como os espíritas, parar com a produção de bananas e dedicação á comunidade, comércio, fazenda e pousada e tentar compreender melhor a pregação dos exotéricos tópícos propagados por Srila Gurudev.

Com referência á dita reunião entre o GBC,  abaixo um trecho da conversa entre Budhara prabhu, Tamal krsna Goswami e Giriraj Swami: 

BP – Até este ponto, ele tem mandado todos para a Iskcon. Mas se a iskcon corta todas as relações com ele, como esta prestes a fazer, ele poderá começar sua própria pregação. Isto não será apenas um ou cinco anos. Também não será por apenas vinte anos. Poderá ser por centenas e centenas de anos.

TKG: Eu fui treinado tão bem por Narayana Maharaja, porque eu vi ele como um siksa-guru renunciado e vi como ele dava atenção aos meus diksha-dicipulos, seja qual fosse a ocasião que ele encontrava-se com eles. Ele aumentava a fé deles em mim tanto que eu realizei que não há nenhum problema nisto. Esta é a maior benção. Eu pessoalmente experenciei isto.

TKG: Voces estão ajudando. Eu apenas espero que voces estejam entendendo nosso simples ponto, que nossas visitas á Narayana Maharaja não é um obstáculo ao nosso movimento. Mas eu acho que será um sério problema ao nosso movimento se agora abandonamos sua ajuda. Esta Prabhupada sampradaya é muito, muito perigosa. Isto é Apassidhanta (má interpretação) e isto tem sido criado por alguns g.b.c´s. Isto é muito ruim. Isto está cortando agente para fora de toda árvore de Chaitanya.

Tentando forçar agente á aceitar “não se associe” , coisa que é absolutamente errada. Giriraj Maharaja escreveu uma carta sobre isto.

TKG: Temos que trabalhar com os fatos. Os devotos tem a tendência de dizer “ Eu conheço o humor de Prabhupada”. Então, que eu faça. Voce não pode usar um bastão em mim e dizer. “Ó, venha, todos sabem”. Isto não é resposta. Isto são letra, acidentes. Isto não pode apenas ser. “Ó, venham, todos sabem que isso é relmente o que Prabhupada quer.”

G.S: De novo vemos o óbvio fato que Prabhupada disse coisas diferentes sobre seus irmãos espirituais. Ele escreveu uma carta para um discípulo que ele podia aceitar B.R.Sridhar Maharaj como siksha-guru. Ele escreveu outra carta para outro discípulo que ele traria dez discípulos da América para estudar os livros dos seis Goswamis no Instituto de B.H.Bon Maharaj

T.K.G: E Prabhupada fez Jayapataka e acyutananda viver um ano na instituição de B.D.Madhava Goswami Maharaj.

G.S: Então temos a evidência que Prabhupada disse e fez diferentes coisas em diferentes situações.




Na segunda colocação, ou melhor Vaishnava aparadha, o autor invejoso não reconhece sua incapacidade de harmonizar diferentes pregações para diferentes pessoas e circunstâncias, feitas por Acharyas amigos e da mesma Sampradaya. Na minha opinião, ninguém glorificou Swami Prabhupada de forma tão elevada e amorosa do que Srila Gurudev Narayan Goswami Maharaj. Se o tipo de pregação fosse realmente motivo de discórdia ou diminuição do outro, Sanatana Goswami foi minimizado pelos livros de Rupa Goswami, por ter pregado mais vaidhi bhakti enquanto Rupa Goswami escreveu sobre raganuga, no entanto sabemos que Sanatana Goswami era o Guru de Rupa Goswami, não havia este tipo de consideração entre eles pois sabiam que ambos os assuntos tratados por eles eram de suma importância para todos os níveis de bhaktas. Infelizmente a mente sectária e desafortunada não pode harmonizar diferentes estatutos como estes e tomando partido de um lado, critica o outro ao invés de questionar aos devotos mais avançados á como harmonizar as aparentes contradições entre os Acharyas da mesma Sampradaya. (maiores informações obre o assunto livro de B.P.Puri Goswami "Coração de Krsna - Vaishnava aparadha")

Mais adiante neste mesmo artigo ele diz que: "O problema começou quando os líderes da Iskcon romperam com Srila Gurudev" . Sim, tudo começou aí, mas porque? Como é isto que por mais de cinco anos, líderes aceitam um Acharya como seus Siksha Guru, respeitando como tal a após cinco anos de aprendizado, um certo dia, simplesmente fala pro Acharya que: : "Não vamos associar mais com voçê.?" e mais além, proíbem seus próprios discípulos de receber instrução deste mesmo Acharya!  Porque será que os líderes da iskcon, depois de mais de cinco anos aceitando Gurudev como siksa Guru voltaram atrás? Não eram qualificados para realizar o nível de diferentes devotos e quem pode ser Siksha Guru? Ou ficaram confusos ao perceber que as instruções são dadas de acordo com o momento e circunstância? De quem seria esta incapacidade de harmonizar isto?

Purushatraya diz também que o GBC ficou descontente com afirmações feitas por Gurudev no dia de seu sanyassi lila em Mathura. Porque também ele não diz o porque do rompimento com outros venerados Gaudiya Acharyas, como Srila Sridhar Maharaj e Srila Gour Govinda Maharaj? A razão é que ao contrário dos outros, Gurudev pregou a verdade fortemente por todo o mundo com objetivo de alertar os sinceros aspirantes a pensarem bem quem são realmente estes assim chamados 'discípulos de Prabhupad' para então progredirem em suddha-bhakti, por isso Gurudev foi o foco das críticas infundadas. Basta ver o que aconteceram com 95% dos ex-sanyassis da Iskcon pela falta de associação de um vaishnava puro- desastre total. 

Foi também dito no email dele que até mesmo Srila Bodhayan Maharaj disse não concordar com a pregação de Srila Gurudev etc.. O que ele não citou foi que depois de falar isso no final dos anos 90, o mesmo Srila Bodhayan Maharaj foi pedir desculpas juntamente com Paramadvaiti Maharaj pelas ofensas cometidas a Srila Gurudev. A prova é que até mesmo depois edeste pedido de desculpas, estes dois Acharya BM e PM, foram visitar Gurudev em Govardhan por 2 vezes e pedir suas bençãos, eu mesmo os recebí nestas ocasiões em Govardhan quando estava com Srila Gurudev. Ele tb não cita que Srila B.P.Puri Goswami disse abertamente (video- SGGM channel) que "Eu não posso falar nada contra Narayan Maharaj, se fizer isso, eu cometeria Vaisnava aparadha e minha bhakti sumiria. Narayan Maharaj é um Pandit, eu o conheço há muito tempo."

Os líderes da ISKCON são muito orgulhosos  de se considerarem a si mesmos como seguidores de Srila Prabhupada, o que eles desconhecem ou ignoram devido á ignorância é que Srila Gurudev serviu Swami Prabhupad desde 1947, quando a maioria deles não havia sequer nascido, e o último seva (samadhi, a pedido de Swami Prabhupad) foi também ele que fez. Naquele momento em Vrndavan todos os assim chamados discípulos estavam presentes, porque será que Swami Prabhupad os rejeitou e mandou chamar Srila Gurudev rapidamente em Mathura?? Por que será que está gravado em audio Swami prabhupad dizendo "Peguei estes 'macacos-mlecchas' no ocidente, eles não sabem se comportar, porfavor tente continuar o treinamento que começei a dar para eles, eles são novos ainda". Está tudo gravado, não há como dizer que 'não foi bem isso'.


(Abaixo, na noite anterior a sua partida, Swami Prabhupada manda chamar Srila Gurudev e Gurudev canta "Hari Hari kabe mor haibe sudina" para Ele. Logo após este encontro, Swami Prabhupad partiu deste mundo sem falar mais com ninguém.


 Todas as perguntas e conversas entre o GBC e Sri Gurudev, e também Gurudev performando o samadhi de Prabhupad voçês mesmo podem ver e escutar nos links abaixo. 
  





              








(No link logo acima Ultima conversa de Swami Prabhupad neste mundo, com Srila Narayana Maharaja, novembro-1977. Audio Original.)

Voçês podem escutar o GBC chamando Gurudev Narayan Goswami Maharaj de Siksa Guru, dizendo que Gurudev estavam o ajudando muito até a conecta-los com Swami Prabhupada etc ...  ainda sim, depois disso tudo, romperam porque? Estavam perdendo a fama? ou seus discípulos estavam também interessados em escutar Sua Divina Graça? O fato é que o medo de perder a fama, discípulos, templos e seguidores foi a causa do rompimento. E o resultado deste ato foi Vaishnava aparadha e consequentemente a destruição da instituição. Gurudev nos contou que chegaram a pedi-lo a não vir ao ocidente e á não pregar em 'seus' templos... Gurudev então disse: "Oh, até agora eu serví apenas como siksa guru, mas se voçês pensam que vão me controlar, voçês estão acordando o leão, vou pular no mundo inteiro e pregar como meu Gurudev, que era conhecido como Acharya Keshari (O leão entre os Acharyas)." Dito e feito!

Bom lembrar também que antes disso, a mesma atitude foi tomada com Srila B.R.Sridha-dev Goswami Maharaj. Quando depois de um bom tempo aceitando-o como siksa Guru, os GBC foram até Sridhar Maharaj dizendo que ele deveria pregar de acordo com as instruções do GBC, sua Divina Graça disse ao seu servo? "Tirem eles daqui agora se não vou urinar na cabeça deles". Realmente seria uma benção, pois poderiam retificar a grande ofensa de tentar controlar um Acharya como Srila Sridhar Maharaj.

Estes são os fatos, o leitor pode ler, procurar saber da verdade (principalmente está tudo em ingles na net) e depois tomar uma decisão individual. Orem para Krsna que os ajudem a compreender de forma que cheguem na conclusão real dos fatos.
                                                                                                                                                                                                                      Nesta época não escrevi nenhuma refutação para saber mais sobre este sanyassi e qual era sua intenção ao escrever. Um dos seus discípulos me disse que tal artigo na verdade não foi escrito por ele e outro disse que ele foi obrigado (pelo g.b.c) a escrever aquilo após o Vyasa Puja de Srila Gurudev. Esta semana então, mandei um email para Purusatraya Swami ( perguntei se as palavras eram dele ou não.) visando esclarecer a todos se foi ele mesmo que escreveu tal carta ofensiva direcionada aos seus discípulos, escrevei em tom neutro pois o devoto estava realmente confuso com tudo isso, e a resposta foi esta que encaminho agora :


“Somos discípulos de Yuga Acharya Rupanuga-varya Sri Srimad Bhaktivedanta Narayan Goswami Maharaj ji, e gostaria de saber se as palavras abaixo que foram postas em vários blogs são realmente suas e não foram mudadas ou inventadas. Um amigo que frequenta a nossa Gaudiya Math aqui em B.H e é seu discípulo está extremamente confuso com o artigo que voçê escreveu e disse que talvez voç~e foi pressionado pelo GBC á escrever isto ou talvez nem tenha sido voçê que a escreveu. Por favor responda a verdade para o bem estar dele. Obrigado". Baladev das b.


  Resposta:

 “Um devoto de nome Baladeva, que diz ser teu amigo, me mandou esses dois
e-mails abaixo. Ele diz que pelo teu "bem estar" eu teria que responder as perguntas dele.
O que ele quer dizer com isso? Quais é a intenção dele?
Não tenho nenhum interesse de me justificar a esse rapaz." Purusatraya Swami


   Foi este meu amigo quem freqüenta nosso templo em b.h, que me disse que as palavras não eram dele e eu quis confirmar diretamente com ele, infelizmente não obtive resposta. Ao que tudo indica, por esta carta circular entre vários site, blogs e yahoo grupos de seus próprios discípulos, é certo de que foi ele mesmo que escreveu todas aquelas ofensas a Srila Gurudev. Srila Gurudev e Gour Govinda Maharaj declararam muito fortemente que mesmo se um devoto é sanyassi, canta 64 voltas de japa todos os dia, segue todos os princípios Vaishnavas, porém está envolvido em política ou critica o Vaishnava Puro, ele deve ser rejeitado, na verdade não é um sanyassi e sim aparadhi (ofensor).

 (extraído da biografia de Srila Gurudev escrita por Madhav Maharaj):

"Todos devem saber que Srila Gurudev Bhaktivedanta Narayan Goswami Maharaj é um nitya-siddha Vaishnava e não um simples sanyassi sênior e famoso. Ele mostrou isso desde sua infância, quando ainda tinha 3 ou 4 anos de idade e lembrava Krishna e Rama desde 4 horas da madrugada. E também serviu Srila Bhaktivedanta Swami Maharaj antes mesmo de qualquer discípulo ocidental ter nascido neste mundo." (biografia de Gurudev, escrita por B.V.Madhav Swami).  Então, não importa quem seja, se é sanyassi, se pratica há 30 ou 40 anos, qualquer um que usa de malícia ou critica o Vaishnava puro, seja por diplomacia com outros, motivos políticos ou sociais, se alguém critica o Vaishnava Uttama-Bhagavata, principalmente como este sanyassi Purusatraya Swami fez, escrevendo carta e deixando circular livremente pelo mundo através da tecnologia, ele deve ser rejeitado por tal ato malicioso e pecaminoso. Não é de nosso direito tentar puni-lo através de ataques morais ou verbais, mas é nosso dever refutar tais criticas provindas de inveja, política e desejo por fama e posição. No final desta carta, ele diz que sabe que no fundo do coração ele respeita Narayan Goswami, porém ao mesmo tempo demonstrando duplicidade na relação, critica de forma maliciosa indiretamente este mesmo vaishnava.  Os sastras dizem:

“No Skanda Purana, Markandeya Rsi disse na sua conversa com o Rei Bhagiratha:

hanti nindati vai dveñöi vaisnavän näbhinandati
krudhyate yäti no harñaà darçane patanäni ñaö

“Castigar ou matar um Vaishnava, critica-lo, ter inveja Dele, falhar em recebê-lo apropriadamente, ficar irado com Ele, e não sentir felicidade ao vê-lo – qualquer pessoa que possui estas seis atitudes para com o Vaishnava (devoto puro- Maha-Bhagavata) cai até a posição mais degradada (inferno- Maha-raurava).

    O caráter devocional de Sri Srimad Bhaktivedanta Narayan Goswami Maharaj é impecável. Deve ser compreendido que o futuro daqueles que, mesmo sabendo disso, desrespeitam-no, será muito inauspicioso. Ninguém deve encontrar falhas em alguém como Srila Gurudeva, que usou toda sua vida servindo os Vaishnavas e até mesmo em uma idade avançada viajou por todos os lugares do globo, propagando os santos nomes, fama e passatempos de Deus.

   Devemos ser cautelosos em não cometer vaishnava aparadha em nossas vidas e também a não aceitar tudo cegamente sem nenhuma indagação simplesmente por medo.

Goura premanande Hari Hari Bol!!!


(Logo após este incidente, Purushatraya Swami me mandou outro email dizendo que está em uma Sociedade muito grande, que olha vários templos etc.. e que eu não sei a responsabilidade disso, como que querendo dizer que foi  pressionado à escrever ofensas ao Suddha Vaishnava, ou foi um ato diplomático. Na minha opinião, nenhuma das duas situações justifica o que foi escrito. Eu disse à ele que é melhor morrer de forma digna do que invejar ou criticar o Vaishnava puro em qualquer que for a circunstância, e que ele deveria desapegar-se de coisas materiais como instituição, desejo por fama, discípulos etc..)

baladev das brahmachari

 

 Apresentamos pela primeira vez em português o artigo escrito por Sripad Damodara Maharaj,
em refutação ao artigo escrito pela Iskcon em 2010, logo após a vinda de Srila Gurudev ao Brasil. Naquela ocasião, ansiosos e invejosos pelo sucesso da pregação de Gurudev no Brasil, uma carta internacional foi escrita visando minimizar a relação de Srila Gurudev com Srila Prabhupada.

Dandavat pranams,


Todas as glórias á Sri Sri Guru and Gauranga

Queridos devotos de Deus,

Recentemente, recebi o ultimo artigo do GBC tentando minimizar a relação entre Srila Bhaktivedanta Narayana Maharaja e seu siksha guru Srila Bhaktivedanta Swami Maharaja. Desafortunadamente, pessoas afligidas por icterícia vêem tudo como se fosse de uma cor ou um gosto só, assim também uma pessoa afligida pela concepção errônea, vê contradição em todo lugar. Na verdade, eu li este documento várias vezes e não vi nenhuma contradição no que foi dito e no que está sendo exposto pelas palavras de Srila Narayana Maharaja.

Não quero me estender muito neste artigo, então vou apenas citar alguns pontos.:

1- O primeiro ponto citado por eles foi: “Ele não pôde treinar seus próprios discípulos adequadamente”. Isto é um fato óbvio, basta ver o triste passado dos líderes da Iskcon. Na época da partida de Prabhupada, os líderes incluídos como estando perfeitamente treinados eram:

Bhavananda, Jaya Tirtha, Brahmananda, Garga Muni, Bhagavan, Harikesh, Surabhi Swami, Hari sauri (Prabhupada Krpa Swami), Ramesvara, Drstadhumana, Adi Keshava, Sudama, Kirtananda, Hamsadutta ... precisa mais??? ....... Foi algum dos discípulos de Prabhupada, treinado até o nível da devoção pura? Até mesmo no estágio de bhava, o aspirante deve permanecer sob a guia e proteção de um sadhu, se não tem que experimentar dificuldades na vida espiritual, como foi mostrado no passado pela queda de Bharata Maharaj no quinto canto do Bhagavatam. Desafortunadamente, o GBC tem feito uma errônea tradução para as palavras de Prabhupada “yatata pari siksha diyechi, karche ora” a qual na verdade deveria ser traduzida como “Treinei eles o máximo que pude”. Na verdade, sendo um devoto puro, Prabhupada tem ilimitada potência para dar um treinamento perfeito, mas seus discípulos puderam pegar a misericórdia dele apenas de acordo com a própria rendição, e como temos visto, sobre as histórias dos ex-líderes do GBC, a rendição não era muito substancial. O porquê disto foi explicado por Srila Prabhupada mesmo “porque eles eram como mlechas e yavanas (bárbaros), fiz o melhor que pude para treina-los.” Então, o ponto é que Prabhupada estava tentando porém não pôde treina-los até o próprio estágio da devoção pura. Eu acho que haviam muito poucos discípulos que podem levantar as mãos e clamar que foram treinados perfeitamente na devoção pura.

2- O segundo ponto é: “A razão desta 'falha' no treinamento foi baseada na degradada natureza dos seus discípulos”.  O GBC está simplesmente repetindo as palavras de Srila Prabhupada. “Eles não tem qualquer ‘background’ hereditário”. Todos vieram de famílias de mlechas e yavanas. Eu tenho treinado eles de acordo com minha habilidade. Eles também estão tentando da melhor maneira". O GBC tem feitos grande esforço para mostrar que Srila Narayana Maharaja não está representando Srila Prabhupada porque Narayana Maharaja destacou que Prabhupada disse á ele: “Por favor, treine meus discípulos. Eles são como macacos. Eu não pude treina-los muito.” Na verdade Narayana Maharaja foi muito bondoso ao descreve-los como macacos, porque seu Guru o descreveu como sendo bem pior que isso. Melhor ser chamado de macaco do que de mlecha e yavana. No glossário da BBT de Prabhupada, é dado o significado de mlecha – humanos não civilizados e geralmente comedores de carne; e yavana – uma classe de seres humanos que caíram da cultura védica, uma pessoa de classe baixa, geralmente comedora de carne, um bárbaro.

Um macaco é um sub-humano, e mlechas e yavanas são considerados entidades sub-humanas, como foi dito por Srila Prabhupada em um comentário no Srimad Bahagavatam: “No movimento da consciência de Krishna estes discípulos que são como macacos, sendo incapazes de seguir os estritos princípios regulativos, algumas vezes caem e tentam formar uma sociedade baseada no sexo. Esta é a prova de que tais pessoas são descendentes dos macacos, como confirmado por Darvin.”

E ..... “Como sempre, incapazes de seguir estes princípios, tais farsantes caem de novo tomando refúgio nos sudras, quem são muito espertos em fazer arranjos para as indulgências sexuais. Sexo é muito proeminente em animais como macacos, e tais pessoas que são iludidos por sexo podem ser chamados de macacos.”

A razão pela qual Narayana Maharaja foi tão bondoso foi também explicado por ele há 15 anos atrás, e isto também tem sido falado pelo GBC como uma explicação, ele diz: “Na época Srila Prabhupada falou em bengali para que outros não pudessem entender. Se ele falasse que todos os discípulos eram ignorantes, que eles não sabiam muita coisa, e que eles eram imperfeitos, ele poderiam ficar agitados. Por esta razão ele falou muitas coisas em bengali. Ele me disse: “ Eu trouxe eles, mas não pude treina-los completamente.’ Assim, as palavras de Prabhupada se tornaram profeticamente verdadeiras, pois quando o GBC entendeu que seus Gurudeva os chamou de mlecchas e yavanas 30 anos atrás, eles agora ficaram agitados e escreveram uma resposta de 40 páginas.

3- O GBC tem declarado que “Prabhupada apontou Narayana Maharaja para completar seu trabalho". Isto também foi dito na conversa de Prabhupada com Narayana Maharaja onde ele diz: “Prabhupada(Bhaktissidhanta) e Thakur Bhaktivinoda tinham o desejo de que deveríamos pregar juntos, coletivamente, na América e na Europa.” Não é isto uma prova de que a Iskcon deveria pregar junto com a Gaudiya Math? Este não era o desejo de Bhaktissidhanta Sarasvati Thakura, Bhaktivinoda Thakur e então de Srila Prabhupada? Narayana Maharaja não disse que este é o desejo do Guru Parampara? Srila Prabhupada continua. “Após minha partida, todos devem trabalhar juntos.. “Assim, ele não disse somente que Narayana Maharaja e a Gaudiya Math deviam trabalhar juntos com a Iskcon, mas para a Iskcon trabalhar cooperar também com a Gaudiya Math. Prabhupada explica que temos todas as facilidades se “trabalhamos juntos” há muitos grandes templos, há lugar suficiente para todos. Se tudo acontecer enquanto eu ainda estiver aqui, será muito bom.”

Srila Narayana Maharaja então disse para Prabhupada que devotos da Iskcon estavam treinados suficientemente, para deixar Prabhupada sem ansiedade, aí ele diz: “Ah, isto é muito bom. Deve ser assim mesmo. Você criou algo; agora se todos trabalham juntos e mantém isto.. Você os treinou. Ainda sim se no futuro ele se tornarem ainda mais unidos e colaborarem, então uma coisa maravilhosa acontecerá no mundo.” Depois, Prabhupada explicou que na verdade ele não havia os treinado apropriadamente porque eram todos mlecchas e yavanas, mas ele fez seu melhor. Depois ele disse: “Eles não tem um ‘background’ hereditário. Eu tentei de acordo com minha habilidade. Eles também estão fazendo seu melhor". Então, a conversa deve ser refletida por inteiro. Ninguém pode simplesmente entender tudo isto fora do seu contexto e depois apresentar aos leitores. Porque ele disse todas estas coisas á Srila Narayana Maharaja em sua última conversa? Óbviamente, Srila Narayana Maharaja pôde entender seu ‘mano bhistam’ (desejo interno), o qual qualquer um (á não ser os que não querem ver, cegos) pôde também ver.

Srila Prabhupada sempre dava a analogia do homem cego e o homem manco. O homem manco representa a Índia e o homem cego representa o ocidente. A Índia era materialmente manca e o ocidente era espiritualmente cego. Se ambos se unissem, uma coisa maravilhosa poderia acontecer. Aqui, a Gaudiya Math pode ser comparada com o homem manco e a Iskcon com o homem cego, nossos Acharyas prévios queriam que trabalhássemos juntos e este desejo foi expressado por Srila Prabhupada. Talvez um homem cego não pode entender este pensamento, mas Srila Narayana Maharaja sabia o que Prabhupada queria dizer, então ele disse: “Sempre que eles me chamarem, para consultar comigo, perguntar algo ou me chamar em algum lugar, eu vou fazer tudo isto de acordo com a minha habilidade.Mesmo que minha qualificação seja muito pequena. Tudo que puder, farei da melhor maneira. Eu o considero como sendo meu Siksha Guru.

4 – A última descordância encontrada no papel da Iskcon sobre as palavras de Prabhupada foi dita por eles. “Devido ao inapropriado treinamento de seus próprios discípulos, Prabhupada quis que Narayana Maharaja o pusesse em seu samadhi.” Se os discípulos dele como Bhakticaru Maharaj e Bhavananda já sabiam tudo, então porque eles teriam que consultar Srila Narayana Maharaja sobre os detalhes da cerimônia de samadhi?. Lembrando a conversa:

Prabhupada : Você já consultou com Narayana Maharaja?

Tamal Krsna: Sim. Esta manhã, Bhakticaru Swami, Bhaktiprema Swami e Sridhar Swami foram vê-lo, e Narayana Maharaja descreveu toda a cerimônia para a partida do vaishnava exaltado.

Então, não foi dado treinamento completo, por isso eles tiveram que pedir auxílio á um vaishnava sênior.

Porém, as palavras mais ofensivas do todo o artigo foi seguida por vaishnava aparadha, isto está na página 28:

“Parece que a idéia da participação de Srila Narayana Maharaja na cerimônia partiu dele próprio, e não de Srila Prabhupada” Isto sugere diretamente que Narayana Maharaja foi para a cerimônia de samadhi por livre espontânea vontade ou alguma coisa deste tipo. Considerando que na mesma conversa Prabhupada pergunta á Narayana Maharaja se ele em pessoa estaria lá para organizar e fazer tudo, e que ele era a única pessoa que podia dirigir toda a cerimônia e ao mesmo tempo dizer que Narayana Maharaja foi lá por interesse próprio é simplesmente insatisfatório, inaceitável.

Considerando também que Prabhupada não havia dado o gopi mantra á nenhum dos seus discípulos na hora de seus sanyassa, então quem escreveria o mantra em seu divino corpo na hora do samadhi? Vocês podem ver no vídeo, Narayana Maharaja escrevendo o mantra na divina testa de Srila Prabhupada.

Claro que a real razão que Srila Prabhupada não quis que seus discípulos tocassem em seu corpo foi por que eles o envenenaram, por isso ele requisitou Narayana Maharaja á bota-lo em samadhi. Eu escutei isso diretamente de Srila Narayana Maharaja.

Não quero gastar muito tempo nisto. Estou muito feliz que o GBC tem tanto tempo para compor 40 páginas sobre este assunto. Melhor para eles é reparar sobre suas próprias desviações, tal como votar sem os Acharays, votar sobre a queda da jiva, o sistema de Acharya por zona, o fiasco do gurukula etc..., do que tentar achar defeitos no caráter de um vaishnava exaltado.

È claro que para as almas afortunadas que tomaram refúgio em Srila Prabhupada, e estão satisfazendo seu desejo de obter devoção pura por permanecer sob a guia dos puros Gaudiya Vaishnavas, para este devotos aplicamos o verso do Bhagavad Gita (9.30)



api cet su-duräcäro bhajate mäm ananya-bhäk

sädhur eva sa mantavyaù samyag vyavasito hi saù



“Até mesmo se alguém comete a ação mais abominável, se ele está engajado em serviço devocional, deve ser considerado santo pois está apropriadamente situado no serviço determinado.”

Enquanto que aqueles que procuram faltas e criticam os Vaishnavas, são abomináveis.”

Este é o princípio

Desejando o melhor á todos, e orando para suas retificações

A fallen servant of the servant

B.V.Damodara Maharaja




Chaitanya Bhagavata (madhya-lila. Pág. 296-297 – Tradução – Srila B.V.Puri Goswami Maharaj)


“Jagai e Madhai, mesmo tendo cometido todos os pecados imagináveis, ainda estavam livres das ofensas contra os Vaishnavas. Eles estavam apenas sempre bêbados e não tinham oportunidade de criticar os Vaishnavas. Um lugar pode consistir de pessoas altamente piedosas, porém se neste mesmo lugar acontece ofensas ou críticas aos Vaishnavas, toda a misericórdia é eliminada. Se Vaishnavas são ofendidos até mesmo por uma assembléia de renunciantes, sanyassis, tal assembléia é mais irreligiosa e pecaminosa do que um grupo de bêbados. Para os bêbados, ainda há uma chance de salvação, mas para aqueles que criticam os Vaishnavas, não há nenhuma esperança de liberação.”  (Srila Vrindavan Das Thakur)


           Srila Narayan Maharaj recitando os mantra da cerimônia de sanyassa de Srila Swami Prabhupad

                Srila Narayan Maharaj colocando sal na cerimônia de samadhi de Srila Swami Prabhupad


             Srila Narayan Maharaj liderando o kirtan na cerimônia de despedida de Srila Swami Prabhupad

 Srila Narayan Maharaj performando o abhishek da murti de Srila Swami Prabhupad em seu samadhi-Vrndavan- Krsna Balaram
       Srila Keshav Maharaj (também Diksa e Sanyassi Guru de Srila Narayan Maharaj) com seus dois novos sanyassis- Srila Muni Maharaj e Srila Swami Prabhupad.


5 comentários:

  1. hare krishna!toda as glorias a sua divina graça a.c. bhaktivedanta swami prabhupada e todas as glorias a Srila Gurudev Bhaktivedanta Narayan Goswami Maharaj.pergunto a vcs irmaos o que caracteriza um vaishnava puro? pergunto isto por que sei que é uma falta grave ofender um devoto puro.existem pessoas que sao vaishnavas(pelo menos por iniciaçao)mas,nao estao seguindo os preceitos deixados por seus mestres espirituais e os antigos acharyas.vivem envolvidos em escandalos das piores especies.seria ofencivo escrever sem citar nomes sobre estes escandalos? é triste ver os nomes dos antigos acharyas sendo jogados na lama.

    ResponderExcluir
  2. Segundo Bhaktivinoda Thakur em um srtigo que escreveu que saiu na 'rays of harmonist' sobre issso, ele diz que essa iniciativa é ao invés de crítica, um grande ato de misericórdia para com os inocentes .... alerta-los a rejeitar gurus falsos e aceitar um fidedigno .....
    as qualidades de um vaishnava puro são amplamente explicada nos vedas 'tad viddhi pranipatena ... etc .. porém o que leva a pessoa a um real vaishnava em ultima análize é o sukriti .. 'créditos eternos' ....

    baladev das b.

    ResponderExcluir
  3. hare krishna!todas as glorias a sua divina graça a.c. bhaktivedanta swami prabhupada e todas as glorias a Srila Gurudev Bhaktivedanta Narayan Goswami maharaj.gostaria de saber a opiniao dos irmãos sobre a tao falada teoria ritvik.ela é ou nao verdadeira?outra coisa:dizem que alguns livros de prabhupada foram adulterados,se isto for verdade,como saber se o que eu estou lendo foi o que prabhupada escreveu?

    ResponderExcluir
  4. Segundo Gurudev, no artigo publicado em seu livro chamado "The true conception of guru tattva' encontra o mesmo no site www.purebhakti.com .... english books' ....
    a teoria rit vik após a partida do Acharyua tb é falsa. Ela apenas é válida quando o Acharya ainda esta presente fisicamente no planeta, podendo assim avaliar a qualificação do aspirante à iniciação e outorgar o mantra por meio de sabda-brahma .. som passado aos ouvidos do então iniciado ....
    Gurudev diz que várias coisas foram mesmo adulteradas, como o verso da Gita onde devido a mudança de uma vírgula de lugar, julga-se que mulheres são piores que homens ... os Gaudiya vaishnavas oram para ter uma corpo feminino como das gopis para asssim poderem servir o casal Divino Radha e Krishna!
    Baladeva das.

    ResponderExcluir
  5. Complementando sobre Rit-vik, Srila Gurudev escreveu que este termo refere-se aos sacerdotes que performam sacrifícios-hotras, e está incluida no processo de atitvidades fruitivas. Disse também que em especiais situações onde o Acharya não pode ir até o aspirante a discípulo devido a alguma extrema situação, então ele pode passar o mantra por telefone etc.. ou através de fitas k7, porém isto acontece em situações extremas onde não há outra maneira, porém mesmo este método não é autorizado de forma alguma, após a partida do Acharya como fazem os rit-viks de hoje. Com certeza Swami Prabhupad nunca os apontou como ritviks nesse sentido- que poderiam iniciar discípulos em nome dele após sua partida. Para mais detalhes - www.purebhakti.com - english book- The True Conception of Guru Tattva.

    ResponderExcluir